O Regional de Conceição e as Contas de R$ 18 milhões

por O Boca de Jambu

O Tribunal de Contas do Pará, seguindo o voto do conselheiro Cipriano Sabino, julgou irregulares as contas do Hospital Regional de Conceição do Araguaia, referente ao exercício financeiro de 2014, gestão do ex-diretor da OS Pará 2000, Wilson Branco Filho, no valor de R$- 18.122.652,30 (dezoito milhões, cento e vinte e dois mil, seiscentos e cinquenta e dois reais e trinta centavos).

Ao rejeitar as contas, O TCE `Pará fez um rosário de recomendações ao ao Hospital Regional de Conceição do Araguaia, dentre elas promova contratação de servidores por meio de concurso público; realize um planejamento eficiente e eficaz, dos serviços necessários ao seu funcionamento, ao longo do exercício financeiro; observe o estabelecido no art. 4° do Decreto Estadual n.° 2.819/94, que regula as concessões de diárias; faça cotação eletrônica de acordo com o princípio da impessoalidade; deixe de realizar despesa sem prévio empenho; faça o devido recolhimento de imposto de renda nas contratações de serviços de pessoa jurídica ; promova a publicação dos extratos dos termos aditivos de forma tempestiva e que adote medidas, no sentido de realizar a correta instrução processual, a fim de garantir a fidedignidade e confiabilidade das informações apresentadas pela Organização Social Pará 2000. 

Related Posts

Comentários