O médico e o nepotismo nas cortes

por O Boca de Jambu

Em horário de expediente, um médico vem frequentando diariamente, na Curuzu, os treinos do Paysandu, seu time do coração. Estamos falando do marido de uma presidente de corte de contas estadual. Agora, além do descarado nepotismo, o médico desponta como servidor fantasma. No quesito nepotismo cruzado, como até as pedras sabem, o marido da presidente da corte estadual recebe salário de R$ 20 mil reais na corte municipal. Em troca, a filha do presidente da corte municipal recebe, todo santo mês, mais de R$ 20 mil da corte estadual. Tudo em casa e “Tutti Buonna Gente”. E o contribuinte que se exploda !!  

Related Posts

Comentários