Os juízes do Marajó e Irituia e as broncas

por O Boca de Jambu

O TJ do Pará abriu procedimentos contra dois magistrados. Vejam só: atendendo a um Pedido de Providências oriundo da Presidência do Tribunal, o corregedor geral da corte, o desembargador José Roberto Pinheiro Maia Júnior determinou a instauração de uma Sindicância Administrativa para apuração de transgressão de dever funcional, atribuída ao juiz Leonel Figueiredo. Os trabalhos serão conduzidos pelo juiz auxiliar Lucio Barreto Guerreiro.

Em outro giro, o corregedor instaurou Sindicância em face do Magistrado Erichson Aves Pinto, diretor do fórum da comarca de Irituia, visando apuração de transgressão ao dever funcional. Nesta Sindicância, quem presidirá os trabalhos é a juíza auxiliar Ana Angélica Abdulmassih Olegário. 

Related Posts

Comentários